Pavulagem lança novo disco em grande show no Mormaço

Foto: Tereza e Aryanne Fotografia

Toadas de boi, banguês, retumbão, reggae, carimbós, xote, marabaixo e guitarrada imprimem a sonoridade do nono projeto fonográfico do Arraial do Pavulagem, o disco “Caeté-Camará”. Com selo da Na Music, o trabalho foi produzido por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura “Tó Teixeira” e chega ao mundo depois de cinco de espera. Foi o tempo necessário para cultivar a história de um encontro, de inspirações em dois rios que simbolizam as influências do Salgado e do Marajó na pesquisa musical da banda. Duas regiões que convidam o público a navegar pela imensidão cultural do Pará a cada canção e, ao vivo, no show de lançamento do disco no dia 7 de julho, no Mormaço Bar e Arte.

Tradição e modernidade

Em “Caeté-Camará”, a parceria de Junior Soares e Ronaldo Silva fortalece os laços do Arraial com a cultura popular em composições que reverenciam a tradição dos folguedos, as festas de rua e as festividades de santo do norte brasileiro, como em “Foliões Mensageiros”, uma narrativa musical que entoa a fé dos devotos de São Benedito. “A bandeira de São Benedito/A bandeira do meu protetor/ Pela estrada segue a folia/ Pela estrada os benditos de fé”.

Banda paraense com mais de 30 anos de carreira, o Arraial do Pavulagem fez das ruas de Belém o seu mais importante palco. O novo disco foi pensado para reunir a nossa identidade, a nossa cultura tão diversa e plural, mas, principalmente, o elo com a tradição, com a cultura popular. Porque, acima de tudo, a conexão Pavulagem é com os mestres, com a cultura que pulsa nos tambores, na delicadeza das toadas de boi, nos bailados e festejos, no palco das ruas da nossa terra, nos sotaques da nossa gente.

É esse ambiente festivo que o grupo leva para o palco do Mormaço Bar e Arte, no bairro da Cidade Velha. Um festão com nove horas de programação, com artes circenses, cênicas juninas, DJs, feira de economia criativa, praça de alimentação, passeio de barco pela orla de Belém, as participações dos artistas musicais do projeto Sentinelas do Norte e o show do Arraial do Pavulagem. Uma grande celebração, em um cenário ao pôr do sol, na beira do rio Guamá. Às margens de águas que navegam por tudo aquilo que demarca a trajetória de artistas do Norte, fazendo música brasileira na Amazônia.

PROGRAMAÇÃO

16 – Abertura dos portões
16h às 17h – Artes circenses e cênicas juninas
16h às 19h – DJ Eddie Pereira
17h às 18h – Passeio Iate Borari, com open bar pela orla de Belém
19h – Show Arraial do Pavulagem
21h às 21h30 – DJ Zek Picoteiro
21h30 – Show Sentinelas do Norte
23h30 – DJ Zek Picoteiro
1h – Encerramento

PASSAPORTES

  • 1º LOTE
    Ingresso individual: 15 reais 
    Ingresso + CD: 30 reais
  • IATE + CAMAROTE OPEN
    (Passeio de barco pela orla de Belém)
    1º LOTE
    Ingresso individual: 60 reais
    Ingresso + CD: 75 reais
  • DIA DO SHOW
    Ingressos: 25 reais (com meia entrada para estudantes até 17h)

ENDEREÇO: R. Carneiro da Rocha, 1 – Cidade Velha (ao lado do Mangal das Garças)

>> INFORMAÇÕES E VENDAS: 98369-0093 <<

>> CONTATOS PARA IMPRENSA <<

Yorranna Oliveira: 99813-5266