segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Início >> Arrastão do Círio >> Vem construir o Arrastão do Círio com a gente

Vem construir o Arrastão do Círio com a gente

Foto: Dah Passos

Já podemos ouvir os sons do roc-roc, os fogos celebrando a passagem da santinha e os nossos tambores ressoando homenagens logo após a Romaria Fluvial. É tempo de construir a festa mais bonita, aquela que o povo acolhe e acredita. É a cidade em plenitude e o Pavulagem também com o Arrastão do Círio para reverenciar Nossa Senhora de Nazaré.

Mas nossa caminhada está apenas começando. Estamos no processo de produção, com diálogo aberto com a Prefeitura de Belém para consolidar parceria já ocorrida nos arrastões de junho para a estrutura do tradicional show de encerramento do cortejo na Praça do Carmo, que ainda não está garantido.

Ainda faltam recursos para confecção de adereços, pagamento de músicos, arte-educadores, manutenção de instrumentos de percussão, aquisição de água, carro som e pagamento de prestadores de serviços em geral. Temos um projeto aprovado pela Lei de Incentivo Municipal Tó Teixeira, que permite a captação de até 25 mil reais de patrocínio com a iniciativa privada. O incentivo fiscal concedido pelo PMB é através de IPTU e ISS.

Em 2004, o IPHAN reconheceu o Círio de Nazaré como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro e colocou o Arrastão do Pavulagem como bem associado, fazendo parte do conjunto de práticas ligadas ao Círio. É a cultura popular pulsando nas ruas de Belém, que merece ser reconhecida e valorizada.

Convocamos a sociedade civil a propagar e partilhar conosco esse reconhecimento. Convidamos especialmente o empresariado que atua na região, valorizando não apenas o Arraial do Pavulagem, mas todas as manifestações culturais tão importantes quanto a nossa.

Ao incentivar ações culturais como nossa, tanto poder público quanto iniciativa privada estabelece uma relação de parceria efetiva, na qual todos ganham. Ganha o público, que terá uma festa ainda mais bonita. Ganham os trabalhadores da cultura com a garantia de pagamentos pelo esforço e talento empregados na realização do cortejo. Ganha a instituição financeira ao agregar sua imagem a um projeto cultural consolidado, de alto valor.

É que valorizar a cultura é incentivar o futuro. Dar valor é acreditar na importância dos sonhos, porque valorizamos aquilo que amamos, que traz benefícios e faz a vida ser melhor.

Venham construir esse futuro desde agora com a gente.

Translate »